GF Noticias

Cão é acusado de racismo na África do Sul

Autor: Leonardo Caprara 28 de Fevereiro de 2013 0 Comentário

Uma acusação muito inusitada aconteceu na África do Sul, na cidade de Honeydew a mãe de uma garota mordida por um cachorro de um dos vizinhos acusou o mesmo de racismo, pelo fato de ter notado a discriminação no comportamento dele e também pelo fato de a menina estar brincando com outras crianças brancas e só ela ser o alvo.

Mãe acusa cão de racismo:

Segunda a mãe ela já tinha notado no comportamento do cão que ele era racista e que isso é pura influencia de seus donos, ainda segundo ela o cão só mordeu a garota por pura discriminação racial.

“Para mim ficou claro que o cão é racista. Pelo modo que agiu, ele não está acostumado com outras raças” Afirmou a mãe, Pam Nkosi

cao racista

Marca da mordida/raça do cão

O cão é um bull terrier e invadiu a casa, chegando até o quintal e mordendo a criança nos joelhos, seus donos são uma família da vizinhança, todos brancos e preconceituosos segundo o que a mãe fala.

Os donos do cachorro negaram que foi ele quem mordeu a inocente criança, porem um exame requisitado pela polícia confirmou que foi aquele cachorro mesmo, mas igualmente a família dona do cachorro se nega a auxiliar nas despesas médicas e continua alegando que não foi seu cachorro.

E afinal, quem é racista, o cachorro, a família ou os dois? Deixe sua opinião nos comentários!


Publicidade